conecte-se conosco

Arqui

As mulheres na Arquitetura

Aproveitando o mês da mulherada, nada melhor que escrever sobre algumas das muitas arquitetas talentosas e famosas deste mundão!

As mulheres na Arquitetura

Aproveitando o mês da mulherada, nada melhor que escrever sobre algumas das muitas arquitetas talentosas e famosas deste mundão!

As mulheres têm representado um papel extraordinário na história, somos esposas, mães, trabalhadoras, chefes. Podemos exercer profissões diversas, dentre elas, Arquitetura e Urbanismo.

Fiquei me perguntando quem teria sido a primeira mulher arquiteta do mundo, sua história e suas obras. Foi então que descobri que a primeira arquiteta foi Sophia Gregoria Hayden Bennett que nasceu no Chile em 1868 e faleceu no ano de 1953, em Massachussets.

A arquiteta mudou-se muito nova para os Estados Unidos, e foi a primeira mulher a ser aceita no curso de arquitetura do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (M.I.T.). Sophia formou-se em 1890, entretanto teve que enfrentar o machismo da época e a principio trabalhou como professora de desenho técnico.

Em 1981, a pioneira arquiteta participou de um concurso para projetar o Edifício da Mulher, em Chicago. O projeto do edifício, em estilo renascentista, era baseado no trabalho final de sua graduação e tinha três pavimentos. Dentre as propostas, a dela fora então escolhida para ser construída.

Porém o final da história é triste, pois devido a arquiteta ter sofrido muita pressão e obrigações solicitadas pelo comitê de construção, ela ficou muito desgastada e foi encaminhada para um sanatório, não comparecendo, portanto, à cerimônia de inauguração do edifício. Nesta época, os homens então usaram este acontecimento para espalhar que as mulheres não tinham capacidade para serem arquitetas.

Acham que por isso elas desistiriam? Não e não mesmo!

Tivemos então na história a arquiteta e artista Marion Griffin, nascida em 1871, em Chicago, Estados Unidos. A arquiteta também formou-se no M.I.T., em 1894.

Olhem só o talento dessa arquiteta: ela teve a oportunidade de trabalhar por cerca de 15 anos no escritório do famoso arquiteto Frank Lloyd Wright. Os desenhos dela eram fantásticos, porém o crédito do trabalho era atribuído sempre ao Wright.

Mesmo com o preconceito e opressões machistas, aos poucos as mulheres foram ganhando cada vez mais espaço na arquitetura e hoje temos grandes nomes femininos em projetos de destaque que poderia passar dias e noites descrevendo, porém vou concluir citando apenas mais duas: Lina Bo Bardi e Zaha Hadid.

Lina Bo Bardi, a arquiteta “italiana-brazuca”, isto porque ela nasceu em Roma porém veio a naturalizar-se como brasileira. Com uma linguagem e estilo peculiar, Lina Bo Bardi transformou o Novo Brutalismo , suas obras de mais destaque e as mais conhecidas são o Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o SESC Pompéia também em São Paulo.

Zaha Hadid para mim foi a mestre da arquitetura abstrata. Os projetos da arquiteta iraquiana acompanham uma linha desconstrutivista fora de qualquer padrão. Não há nada parecido com suas obras. Em 2004, Hadid se tornou a primeira mulher a receber o Prêmio Pritzker de Arquitetura.

Fonte:  Shepp, James W, Instituto Lina Bo e P.M. Bardi. Image © Bob Wolfenson, © Wikiarquitectura, Steve Double,  Zaha Hadid Architects

Michele

Formada em arquitetura e urbanismo. Amante da arte, de projetos inovadores e de belas paisagens naturais. Criadora e escritora do blog Arquituristando. Viajar e escrever são suas paixões. Dentre as qualidades, destaca-se a responsabilidade, a sensibilidade e a coragem de arriscar novos caminhos, sempre persistindo pelos seus objetivos. Um sonho? Conhecer o mundo e registrar momentos únicos.

Comentários

Mais em Arqui

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Tá esperando o que?

Booking.com

Em alta

Advertisement
Advertisement
Inicio
Share This